Gravura Brasileira

Luciano Bortoletto

Luciano Bortoletto

De 19/2/2013 a 28/3/2013

Obras

Imprensa

Baixar

Um artista, duas exposições
A Gravura Brasileira expõe a partir do dia 19 de fevereiro duas séries de trabalhos de Luciano Bortoletto. “Um lugar de morada” apresenta caixas com personagens que compõem diversas situações. “Antes, depois e agora” reúne gravuras criadas a partir da apropriação de imagens elaboradas por outro artista, Guilherme Cota, que cedeu suas placas de metal.

19 de fevereiro a 28 de março de 2013

         


Um lugar de morada
Quatro personagens e seus inúmeros múltiplos habitam as caixas de morar de Luciano Bortoletto. Ele são gravados em metal e, após a impressão, ganham sinais particulares – uma pincelada de nanquim, uma subtração de uma parte do corpo por um recorte inesperado, um acréscimo por justaposição de imagens. São marcas pessoais que, somadas à imagem inicial, definem melhor cada um destes indivíduos.
Eles se agrupam em objetos de madeira e vidro que funcionam como um abrigo, uma casa, um lugar de morada, mas também como uma vitrine. Reunidos, formam um conjunto coeso, apesar de suas diferenças, e encontram um local onde conviver.
Apresentam-se, assim, em um ambiente coletivo e aparentemente protegido. Estão expostos, porém, à visão do observador. Este também se vê em algumas caixas, refletido parcialmente pelos espelhos que aparecem aqui e ali.
Dentro dos seus abrigos, os personagens veem e são vistos. A leitura que temos deles é fragmentada, assim como a visão de nós mesmos. Nessa troca de olhares, o espectador pode ingressar em outro universo em busca do que está oculto em nós – algo como observar a própria incompletude humana.
A partir da disposição das imagens e da construção dos objetos é possível estabelecer uma série de relações, como entre aproximação e distanciamento, brilho e opacidade, identidade e anonimato, individual e coletivo, parte e todo, repetição e criação.
Ao longo da vida, elegemos e habitamos diversas moradas. É nessas instâncias que nos relacionamos, nos apresentamos e representamos. Elas guardam nossas histórias e memórias. Pensar e repensar, entrar, sair, parar, reparar, entender, desentender... São atos como estes que podem responder às perguntas evocadas pelas imagens em cada caixa de morar.
   
Antes, Depois e Agora
As estampas aqui reunidas têm como base as placas de metal gravadas inicialmente pelo artista e gravador Guilherme Cota. Por motivos variados, ele se desfez das mesmas e cedeu-as ao amigo e também gravador Luciano Bortoletto.
A partir da apropriação dessas imagens, Bortoletto lidou com a memória pré-existente nas placas e acrescentou outras informações visuais. Desse modo, linhas, planos e histórias diversas coabitam em novas imagens.
O embate sobre uma imagem já existente leva a um confronto de poéticas que podem conviver em um mesmo plano visual, construído em tempos diferenciados e apresentado agora.

Luciano Bortoletto
Natural de Igarapava, SP, vive e trabalha em São Paulo. É formado em Artes Plásticas, com especialização em gravura em metal. Lecionou na ESPM e criou a Oficina de Outdoor, núcleo de pesquisa de criação de imagens.
Suas exposições mais recentes de gravura incluem a individual “Apropriações indébitas”, na Graphias - Casa da Gravura, em São Paulo (2012), e a participação na V Bienal Nacional Olho Latino, em Atibaia, SP (2011); III Bienal de Gravura de Santo André (prêmio aquisição em 2010); e X Biennale Internazionale per L’Incisione, em Acqui Terme, Itália (2009).
Trabalha também com outros suportes, que expôs em individuais recentes na Galeria Concreta (São Paulo, 2011), Espaço Cultural Cristal (São Paulo, 2010), Casa de Cultura de Igarapava (Igarapava, SP, 2010) e Casa do Salgot (Piracicaba, SP, 2010).

 

 


Formação

Artes Plásticas na Universidade da Associação de Ensino Ribeirão Preto (Unaerp)
Ribeirão Preto – SP, 1983 a 1986

Desenho de observação – com Carlos Fajardo
São Paulo, 1988 a 1989

Gravura em Metal – com Evandro Carlos Jardim
Escola de Comunicações e Artes (ECA) da Universidade de São Paulo (USP)
São Paulo, 1988 a 1989

História da Arte – com Rodrigo Naves
São Paulo, 1999


Exposições individuais

2012    “Apropriações indébitas”
Graphias – Casa da Gravura
    São Paulo – SP

“Passagem”
Painéis – Espaço Artemídia
    SESC Campinas – SP

2011    “20 por 90”
Galeria Concreta
    São Paulo – SP

2010    “20 por 90”
Espaço Cultural Cristal
    São Paulo – SP

    “Sai da Frente! A história de uma família”
Casa da Cultura
    Igarapava – SP

    “20 por 90”
Espaço Cultural Casa do Salgot
    Piracicaba – SP

2009    “Todos Unidos ou Não”
Painel – área de convivência
Sesc Ribeirão Preto
    Ribeirão Preto – SP

2008    Máscaras e recortes
    Asia Arts
    São Paulo – SP

2007    “Alegorias, Mentiras e Criações”
    Graphias – Casa da Gravura
    São Paulo – SP

2006    Painéis “Meio e Mensagem” e “Observador dos Outros”
    SESC Ribeirão Preto
    Ribeirão Preto – SP

2005    “Qual é a sua?”
    Espaço Cultural Cristal
    São Paulo – SP

2002    “Nossas Caras”
    Espaço Aberto de Arte e Cultura Stella Ferraz
    Piracicaba – SP

    “Caras”
    Centro Britânico
    São Paulo – SP

2000    “Caras”
    SESC Ribeirão Preto
    Ribeirão Preto – SP

    “Caras”
    Prima Luna – Pizza & Pasta
    São Carlos – SP

1999    “Anjo Torto”
    Capela do Morumbi
    São Paulo – SP

    “Seremos Nove”
    Centro Cultural PCASC/USP
    São Carlos – SP

1998    “Sete Motivos”
Pizza Luna
    São Carlos – SP

1995    “Procurado”
    Casa de Cultura do Ipiranga
São Paulo – SP

1994    Projeto de Exposições do Centro Cultural São Paulo
    São Paulo – SP

1993    Gravuras
SESC Ribeirão Preto
Ribeirão Preto – SP

1992    Galeria de Arte Banestado
Londrina – PR

    “A passagem”
Galeria Consolação
    São Paulo – SP


Exposições coletivas

2012    “Passato immediato – Presença Italiana na Arte Brasileira”
    Galeria Marta Traba – Memorial da América Latina
    São Paulo – SP

2011    5ª Bienal Nacional de Gravura Olho Latino
    Atibaia – SP

“Silêncio”
SESC Ribeirão Preto
    Ribeirão Preto – SP

2010    3ª Bienal de Gravura de Santo André – prêmio aquisição
Salão de Exposições do Paço Municipal de Santo André
    Santo André – SP

“Circulando em Outras Dimensões”
Círculo 3
SESC Santos
    Santos – SP

“Circulando em Outras Dimensões”
Círculo 3
SESC Tubarão
    Tubarão – SC

2009    X Biennale Internazionale per L’Incisione
Acqui Terme
Itália

    “Circulando em Outras Dimensões”
Círculo 3
Galeria Gravura Brasileira
    São Paulo – SP

    “Gravura Brasileira – Dez Anos”
Galeria Gravura Brasileira
    São Paulo – SP

2008    “Tantas coisas”
Espaço Cultural Cristal
    São Paulo – SP

2007    3ª Bienal Nacional de Gravura Olho Latino
    Atibaia – SP
 
4ª Bienal de Gravura de Santo André
    Santo André – SP

Exposição de Gravuras do Acervo do Museu Oscar Niemeyer
Teatro Calil Haddad
Maringá - PR

“3 Caras”
Espaço Cultural Cristal
    São Paulo – SP

Painel “3 Caras”
    SESC Ribeirão Preto
    Ribeirão Preto – SP

Painel “3 Caras”
    SESC Pompéia
    São Paulo – SP
   
2005    “Coleção SESC de Arte Brasileira”
    Obras selecionadas -    Curadoria de João J. Spinelli
    SESC Interlagos
    São Paulo – SP

    “Café Orozimbo”
    Ateliê Orozimbo Trio
    São Paulo – SP

    “São Paulo sobre Papel”
    Livraria Boa Vista
    São Paulo – SP

2004    “Café Orozimbo”
    Ateliê Orozimbo Trio
    São Paulo – SP

    “Ciclos”
SESC Ribeirão Preto
    Ribeirão Preto – SP

2003    “3 Caras”
    Central das Artes
    São Paulo – SP

“3 Caras”
    SESC Ribeirão Preto
    Ribeirão Preto – SP

    “Ser Imaginário”
    Espaço Aberto de Arte e Cultura Stella Ferraz
    Piracicaba – SP

1998    Art Work Galeria de Arte
Bauru – SP

1994    Exposição dos alunos e professores da EMIA
Santo André – SP

I Bienal Nacional de Gravuras
São José dos Campos – SP

1993    Espaço Cultural Cine Ouro Verde
    Universidade Estadual de Londrina (UEL)
    Londrina – PR

Gravuras em Metal
Hall do Auditório Hélio Moreira
Paço Municipal de Maringá
Maringá – PR

Atelier Experimental de Gravura Francesc Domingo
Museu da Gravura da Cidade de Curitiba
Curitiba – PR

Galeria SESC Paulista
São Paulo – SP

1992    Instalação “Algumas Coisas”
    Itaú Galeria
    São Paulo – SP

1991    Museu de Gravura da Cidade de Curitiba
    Curitiba – PR

1990    XV Salão de Arte Contemporânea de Ribeirão Preto
    Ribeirão Preto – SP

    IX Mostra de Gravura da Cidade de Curitiba
    Curitiba – PE

1989    V Salão de Arte Contemporânea de Americana
    Americana – SP

    Salão de Arte Contemporânea de Pernambuco
    Recife – PE

1987    III Salão de Arte Contemporânea de Americana
    Americana – SP

    “Carnaval Via Postal”
Itaú Cultural
    Ribeirão Preto – SP

1986    “Comício de Clones”
    Biblioteca da Unaerp
Ribeirão Preto – SP
 

para comprar alguma destas gravuras entre em contato pelo e-mail: contato@gravurabrasileira.com

Copyright Gravura Brasileira

Rua Ásia, 219, Cerqueira César, São Paulo, SP - CEP 05413-030 - Tel. 11 3624.0301
Horário de funcionamento: Segunda a Sexta: 12h00 às 18h00 ou com hora marcada

site produzido por WEBCORE